postado por Rayanne Danielly em 15 agosto 2011

Te amo te odeio sinto tua falta


Já se passaram 75 dias.
Amy está cansada do interesse súbito que seus pais desenvolveram por ela.
E ela está realmente cansada das pessoas perguntando por Julia.
Julia se foi, e ela não quer falar sobre isso.
Eles não entenderiam, de qualquer maneira.
Eles não entenderiam como é ter sua melhor amiga arrancada de você.
Eles não entenderiam como é saber que foi sua culpa.
O terapeuta de Amy acha que ajudaria se ela escrevesse um diário. Ao invés disso, Amy começa a escrever cartas para Julia.
Mas à medida que escreve as cartas, ela começa a perceber que o passado não foi tão perfeito como ela pensava — e que o presente merece uma chance também.

“Muito poucos escritores contam histórias de tirarem o fôlego, engraçadas, complicadas e verdadeiras como Elizabeth Scott e Te Amo Te Odeio Sinto Sua Falta é provavelmente um de seus melhores livros”. – Claudia Gray, autora de Evernight.


0 comentários:

Postar um comentário