postado por Rayanne Danielly em 13 setembro 2011

Caixa de Desejos

Uma menina...
Uma caixa especial...
A saudade da avó...
Os conflitos...
As respostas...

Marília vive com os pais, os avós maternos e o tio paterno, mas tem uma ligação muito forte com a avó materna que mora em outra cidade. Logo no início da história essa avó morre e ela ainda tem que lidar com a chegada de uma meia-irmã que só viu duas vezes na vida. Para ajudá-la nesse processo de perda, Marília conta com uma caixa que a avó lhe deu de presente, antes de morrer. Uma caixa mágica para ela guardar seus desejos. Assim, ela vai se descobrindo, descobrindo a relação com a irmã, aprendendo a conviver na escola e entendendo como lidar com um primeiro amor que surge em sua vida.

De volta a caixa de desejos
   Marília, uma jovem apaixonada pela literatura, prestes a entrar na fase adulta, vive de novo as turbulências desse rito de passagem. Ela, que achava sua vida perfeita, de repente, se dá conta que está no meio de um terremoto, muito parecido com o estado do seu quarto. São muitos os abalos: as brigas dos pais que ameaçam se separar, o namorado ciumento com quem ela não tem coragem de romper, a chegada do vestibular e de um novo amor, o estranhamento de sua melhor amiga e a chegada do enigmático Joca, trazendo sonhos, revelações e suspeitas para sua casa. Além, claro, da volta da meia-irmã Francine, carregando seus próprios problemas de relacionamento. Diante de tantos conflitos, só lhe resta apelar para a caixa de desejos que vó Laurinda lhe deixou antes de morrer. A caixa e a irmã traçam o fio invisível que Marília precisa para se equilibrar e achar novos caminho


0 comentários:

Postar um comentário