postado por Rayanne Danielly em 11 setembro 2011

Éxodo


''Virei-me para o julgamento, não era muito provável que o Império Maia não me ajudasse a construir o meu passado. Fui para defini-lo de volta no lugar quando algo passou por mim como uma brisa fria. Virei a cabeça para ver o que era e fiquei congelada no lugar. Arrepiei-me toda e um estranho calafrio percorreu a minha volta. Contive o ar, incapaz de respirar e, de repente, senti uma pontada dolorosa no peito. Eu cheguei para lá, de repente, tonta. Meu coração bateu com tanta força que me levou de volta, uma intensa dor latejante única que bombeada através de meu corpo. Um espasmo brutal em meus olhos com os dele. Ele era um garoto, mas não qualquer um, como uma sombra, escura,
sinistra e fascinante.''


     Meu nome é Lena... e eu estou morta. Não lembro de nada do meu passado. Tenho uma nova família, mas sinto que não me encaixo nessa nova vida. A única forma de voltar a morrer, é ele, Christian Dubois. Ele pode tirar vidas, porque é um grande predador e eu uma caçadora. Seus olhos negros, suas atitudes, é um assassino. Um trato: em troca de tirar minha vida, ele irá escolher o momento. Mas um sentimento está nascendo entre nós dois. Algo que irá mudar as regras, e colocará todos em perigo. A verdadeira luta está a ponto de começar.


0 comentários:

Postar um comentário