postado por Rayanne Danielly em 28 junho 2012

Pivot point

  A vida de Addison Coleman é um grande “E se?” Como um “Searcher”, sempre que Addie é confrontada com uma escolha, ela pode olhar para o futuro e ver ambos os desfechos.
   É o último plano seguro contra desastres.
   Ou assim pensava.
   Quando os pais de Addie defrontam-na com a notícia de seu divórcio, ela tem que escolher com quem ela quer viver – com seu pai, que está deixando o composto paranormal para viver entre os “Norms”, ou sua mãe, que está na vida de Addie desde que ela se lembra.
  Addie ama a sua vida tal como ela é, portanto, sua resposta deve ser fácil. 
  Uma pesquisa de seis semanas para o futuro prova que não é.



    Em um futuro potencial, Addie está ajustando à vida fora do complexo como a nova garota em uma escola de “Norms” para que ela atenda Trevor, um artista, bonito e sensível que a compreende.
   No outro caminho, Addie está sendo perseguida pelo o cara mais quente da escola, mas ela nunca quis ser namorada de um zagueiro.
   Quando o pai de Addie a pede para consultar sobre um assassinato no complexo, ela involuntariamente é arrastada; arrastada para um jogo perigoso que ameaça tudo o que ela tem de mais caro. 
    Com amor e perda em ambas as vidas, tudo se resume à realidade na qual ela está disposta a viver… E que ela não pode viver sem.


0 comentários:

Postar um comentário