postado por Rayanne Danielly em 17 janeiro 2013

Some Quiet Place

Eu não posso chorar. Eu não posso temer. Eu cresci talentosa em fingir.
    Elizabeth Caldwell não sente emoções. . . ela as vê. 
    Saudade, vergonha, coragem se materializam ao redor de seus colegas de classe. Fúria e ressentimento aparecem em sua casa disfuncional. Todos eles desistiram de Elizabeth, porque ela não sucumbe ao seu toque.
    Todos, isto é, menos o medo. Ele fica intrigado por ela, tão desesperado para entender o acidente que mudou a vida de Elizabeth quando ela era ela mesma.Elizabeth tem medo de descobrirem que a chave para o seu passado está escondido nas pinturas que ela esconde no celeiro da família. 
   Mas uma ameaça sombria começou a perseguir-la, e por mais que tente, Elizabeth mal consegue evitar a brutalidade de sua vida o tempo suficiente para descobrir a verdade sobre si mesma. 
  E o que mais importa, ela vai ser capaz de confiar no Medo para salvá-la?


0 comentários:

Postar um comentário