postado por Rayanne Danielly em 26 abril 2013

#10


Respirei profundamente mais uma vez pelo nariz quando percebi que estava na van. Sem abrir os olhos, sabia exatamente o que tinha acontecido. Tinha ficado com frio quando o treinador ligou o ar-condicionado e aconcheguei-me a Doug. Reconheci seu cheiro de mar e cloro. Agora estávamos estacionados no colégio. As luzes estavam acesas e a equipe estava pegando as coisas e saindo pela porta. Provavelmente cada um deles estava espiando no banco de trás para ver o que Doug e eu estávamos fazendo.
Mas talvez Doug não soubesse que eu estava me aconchegando nele. Talvez ele ainda estivesse dormindo e eu não tivesse com o que me preocupar. Abri meus olhos.
Ele estava me olhando fixamente.
Dei um pulo, surpresa.
— Desculpe — disse ele. — Só queria ter certeza de que os reflexos de sua pupila estavam normais.
Tentei me sentar, mas algo me segurou. Os longos dedos de Doug circulavam meu braço. Seu polegar pressionava meu pulso.
— Estou checando seu pulso.
Ele me soltou.
— Agora está acelerado.
Será que ele estava me dizendo que sabia que eu tinha sonhado com ele? Perguntei casualmente:
— O que meu pulso poderia lhe dizer?
— E eu tenho cara de médico?
Ele se abaixou. Abaixei-me também para pegar as muletas para ele, mas ele já as tinha apanhado do chão.

Como fui esquecer voce
Jennifer Echols


1 comentários:

  1. Ahhhhhhh! Que trechinho mais fofo! Tenho cara de médico foi ótimo! rs

    Abraços


    Gláucia

    booklover.com.br

    ResponderExcluir