postado por Rayanne Danielly em 12 julho 2013

#18


Julie se arrastou para o corredor e viu-se no espelho. Ela balançou um pouco de lado a lado e franziu o cenho para o seu penteado flácido. — Eu pareço uma doida. Acho que eu deveria ir para a cama agora.
— Provavelmente é uma boa ideia. Feliz Ano Novo.
— Espere, não desligue ainda! Me coloque na cama.
— Colocar na cama?
— Sim. Me coloque na cama, venha para cama comigo. Oh, espere, isso não está certo, não é? Você pode imaginar?
— Imaginar o que?
— Se nós formos para a cama juntos. Isso seria louco, não é?
Ela ouviu-o suspirar. — Essa conversa tomou um rumo oficialmente alarmante.
— Você só está descobrindo isso agora?
Ela se arrastou de volta para o quarto, desligou a luz, e ficou debaixo das cobertas.
— Matty?
— Sim, Julie?
— Eu tenho que te contar uma coisa.
— Vá em frente.
— Eu gosto de matemática.
— Eu acho isso que é maravilhoso.
— E há outra coisa.
— Diga.
Ela cobriu a boca com a mão, sussurrando. — Eu sou virgem.
— Oh meu Deus, Julie, eu vou desligar agora.



 Flat-out love
Jessica Park


1 comentários:

  1. Olá Rayanne, tudo bem?
    Venho aqui pedir desculpas pelo meu sumiço. A faculdade e o trabalho (além do Estúdio) estavam me sugando todo meu tempo e por isso acabei me afastando dos meus queridos e amados livros, do blog, da fanpage do blog e de você, minha querida parceira nesse fantástico mundo blogueiro da leitura. Aproveito também para avisar que estou voltando à ativa, e que de agora em diante não sumirei. Prometo! Palavra de Leitora!

    Me desculpe!

    Bjs... Fik com Deus!

    Evanete Lima - Cada Livro, Uma Viagem

    ResponderExcluir