postado por Rayanne Danielly em 26 julho 2013

#20


Ele não confiava nela. Sabia que não pretendia ajudá-lo. Qualquer que fosse a traição que ela tivesse em mente, ele descobriria.
- As nuvens se dissipam? – perguntou ela.
- Completamente? Não. Nunca.
- E quanto ao Éter? Ele some em algum momento?
- Nunca, Tatu. O Éter nunca some.
Ela olhou para cima.
- Um mundo de nunca sob o céu do nunca.
Ela combinava perfeitamente com esse mundo, pensou ele.
Uma garota que nunca calava a boca.



Never Sky - Sob o céu do nunca.
Veronica Rossi


0 comentários:

Postar um comentário